Jornais de bairro se unem para combater fake news

Home / Notícias / Jornais de bairro se unem para combater fake news
Jornais de bairro se unem para combater fake news

Notícias falsas, boatos, sensacionalismo sempre existiram, inclusive no jornalismo. Mas, com a rapidez da internet e interações promovidas pelas redes sociais e aplicativos como o WhatsApp, esse tipo de comunicação ganhou uma força perigosa. Afinal, as pessoas tendem a se envolver rapidamente pelo caráter fortemente emocional dessas “notícias”, as fake news, que acabam por se espalhar rapidamente e causar danos ao trabalho sério, à evolução social.

Mas, o que tem a ver o jornalismo comunitário e regionalizado em uma megalópole como São Paulo com isso? Para a nova diretoria da Associação dos Jornais e Revistas de Bairro de São Paulo – Ajorb – , tudo.

“O jornalismo regional sempre estimulou o cidadão a atuar, acompanhar dados e ações dos órgãos públicos em seu bairro, participar de ações para melhorar a cidade, contribuir para definição de prioridades de forma localizada. O que hoje é um dos pilares em sustentabilidade sempre foi prática dos jornais de bairro”, diz Wagner Farias, que assumiu a presidência da Ajorb em julho.

No início de agosto, os diretores fizeram a primeira reunião da gestão para definir projetos dos próximos dois anos. “Em minha gestão, conseguimos com muito trabalho reorganizar a parte burocrática da Ajorb e resgatar a entidade que estava com atividades suspensas há vários anos”, relembrou Eugênio Cantero, que deixou a presidência depois de dois mandatos e agora assume a diretoria social.

“Nosso objetivo será trabalhar por toda a categoria, beneficiando inclusive jornais não associados”, garante Rafael Rodrigues, vice-presidente de relacionamento. “Claro que queremos ampliar a adesão das mais sérias empresas de comunicação regionalizada paulistana. Mas sabemos que isso só acontecerá com bons resultados para todos”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.